COMO ESCOLHER AS LOUÇAS DO BANHEIRO?

Atenção na escolha das cubas e vasos sanitários é fundamental em projeto de banheiro ou lavabo. O mercado oferece uma infinita gama de opções que podem nos deixar bem confusos na hora da compra. Por isso, nós trazemos algumas dicas de como encontrar a louça ideal para o seu ambiente, para que ela se encaixe com a estética pretendida e não comprometa o orçamento.

12-04 01

Antes de sair a procura da cuba e do vaso sanitário você precisa ter as dimensões do banheiro bem definidas, para saber quais as proporções as peças podem ter. Se você não tem muita experiência no assunto e principalmente, se não tem a intenção de gastar muito, opte sempre pelo tradicional. Os modelos simples e clássicos são tiros certeiros, você economiza e não corre risco de errar na escolha. As cubas e vasos sanitários não precisam necessariamente ser da mesma linha, mas é importante que a cor seja. E falando em cor, o branco ainda é a tendência desse ambiente.

 

12-04 02

Você poderá optar por cubas de embutir, sobrepor ou semi-encaixe. Essa ultima opção é indicada para quem dispõem de pouco espaço no banheiro e precisa de uma bancada de pouca profundidade. As cubas de sobrepor merecem uma atenção especial. Existem diversos formatos como, quadradas, retangulares, redondas e ovais, e como elas foram feitas para ficar sobre a bancada, podem ocorrer alguns vazamentos. E por fim, as de embutir, que como o nome diz, são embutidas no balcão.

12-04 03

Fonte: Decoração

Bancadas

Banheiros e lavabos são valorizados com bancadas de diversos materiais e estilo. Veja!

26-02 01
Para levar a natureza para dentro do banheiro de 7 m² , a arquiteta projetou o boxe com revestimento de seixos telados na cor areia. As duas pias ficam sobre a bancada de madeira teca.

26-02 02

A combinação de cores intensas com estampas imprime personalidade ao banheiro de 3,20 m². Ladrilhos hidráulicos em tons de verde e roxo revestem a caixa de concreto com a cuba de apoio.

26-02 03

De concreto, pia e bancada dão ao banheiro um aspecto rústico e bruto. A tubulação aparente também colabora para criar um clima.

26-02 04

Na bancada com 3 m de largura, duas cubas de apoio e registros em formato de alavanca. Vaso com galhos de cerejeira e caixas de cerâmica enfeitam o banheiro. As pastilhas foram usadas em todo o ambiente.

26-02 05

Instalar somente uma bancada no banheiro, sem gabinete, deixa o ambiente mais leve. O inconveniente é que o sifão fica aparente. Para escondê-lo a dica é usar um carrinho volante. Cumpre a função estética e ainda é superprático.

26-02 06

O aspecto rústico deste banheiro é reforçado pela bancada e pelo gabinete de madeira.

26-02 07

Bancada de limestone cinza espanhol. O armário superior tem 15 cm de profundidade. O boxe deste banheiro foi revestido com pastilhas em azul-acinzentado fosco.

26-02 08

O deque de madeira cumaru cobre as áreas da banheira e da bancada de mármore branco. Os gavetões de laca são da mesma cor. As cubas são de válvula oculta e as persianas, modelo rolô.

26-02 09

Um dos chamarizes do banheiro é a bancada feita com placas de mármore. Ladrilhos de mármore revestem o piso e as paredes até 1 m de altura. Para deixar o ambiente aconchegante, gavetas suspensas e gaveteiro com rodízios revestidos de madeira.

26-02 10

Junto do espelhão, a pia fica sobreposta a um móvel branco. Repare na meia parede de sucupira ebanizada deste lavabo. As outras duas peças são do designer Flávio Borsato e têm estampa de concreto sobre a madeira.

26-02 11

No banheiro da suíte, o piso de pastilhas de vidro brancas é salpicado de pretas, que enfeitam também a faixa larga do rodapé. A bancada de silestone tem pias e misturadores de metal.

26-02 12

No banheiro da suíte de um casal, as cubas sobre a bancada são raízes de árvores cavadas.

26-02 13

Embaixo da pia do banheiro, o armário de aço inox deixa o lugar com aspecto ainda mais asséptico. Também de aço, um gavetão com rodízios serve como cesto de roupa suja.

26-02 14

O lavatório de mármore marrom imperial e o espelho com moldura de madeira entalhada dão ao lavabo um jeito sofisticado e sóbrio. Em formato de cocho, a cuba conta com uma saia, que faz o acabamento e oculta o sifão.

26-02 15

O gabinete de carvalho-americano ocupa toda a extensão da parede principal do lavabo. O grande espelho duplica o efeito do revestimento inusitado, de cartazes tipo lambe-lambe.

26-02 16

As arandelas instaladas no espelho reforçam o clima clássico do banheiro. Os gabinetes são de madeira ripada laqueada de branco. O mármore branco mol está na bancada e no acabamento da banheira.

26-02 17

Dourado, este lavabo tem mesa da feira da praça Benedito Calixto, com cuba de resina e torneira trazida de Miami. Repare no lustre em forma de ninho.

26-02 18

A bancada com moldura feita de mármores rosso venosa e branco mede 1,95 x 0,40 m. Cubas de semiencaixe. Com rodízios, dois gaveteiros e um móvel para roupa suja, com frente de tela metálica, foram feitos de madeira linheiro noce para este banheiro.

 

Fonte: Casa e Jardim

Banheiro para dois

Se há espaço no banheiro do casal, uma boa solução para garantir a individualidade é dividir a bancada e separar uma cuba para cada um. Assim, a rotina fica mais fácil e os objetos de uso pessoal, mais bem organizados. Inspire-se!

04-01 01

Para levar a natureza para dentro do banheiro de 7 m², a arquiteta Ana Karina Abud projetou o boxe com revestimento de seixos telados na cor areia. As duas pias ficam sobre a bancada de madeira teca.

04-01 02

As formas orgânicas e os elementos da natureza deram o tom e o conforto ao banheiro de 25 m². O destaque é o boxe caracol, criado pelo designer Fabio Galeazzo. A madeira de demolição cobre a parede e o teto acima da bancada que tem tampo de mármore travertino nacional. O material está também no piso.

04-01 03

A cor verde-água predomina no banheiro de 8,75 m² que a designer Lina Miranda, dona da Square Foot, fez para suas filhas. O tom feminino entra em detalhe na cortina do boxe, da Ralph Lauren, que ela trouxe de Nova York, como as arandelas.

04-01 04

Pensada para um casal, a bancada de cuba dupla tem espelhos individuais, colocados em alturas diferentes. Projeto da arquiteta Deborah Cordovil.

04-01 05

Instalar somente uma bancada no banheiro, sem gabinete, deixa o ambiente mais leve. O inconveniente é que o sifão fica aparente. Para escondê-lo a dica é usar um carrinho volante. Cumpre a função estética e ainda é superprático.

04-01 06

Criado no recuo lateral, o banheiro do casal tem bancada de concreto, com duas cubas de apoio, e portas de correr com caixilho de alumínio e vidro temperado fosco que dão acesso a um terraço. Projeto de Claudia Haguiara.

04-01 07

O patchwork de ladrilhos hidráulicos e o acabamento de cimento queimado refletem a preocupação com o uso de produtos sustentáveis na reforma do banheiro de casal, feita pela arquiteta Adriana Yazbek. As cubas redondas de sobrepor são brancas e não brigam com o colorido da bancada.

04-01 08

Iluminado pelas janelas de canto, o banheiro do casal tem um gabinete de madeira para guardar cosméticos, produtos de higiene e toalhas. Uma cuba é de uso do marido e a outra, da esposa.

04-01 09

O banheiro, totalmente aberto para o quarto do casal quando são recolhidas as portas deslizantes, tem piso elevado e teto rebaixado. A iluminação azul inclui lâmpadas dicroicas acima das duas cubas retangulares, sobrepostas na bancada.

04-01 10

A arquiteta Cristina Bozian desenvolveu uma prateleira para os produtos de higiene pessoal: o espelho corre pela parede e deixa à mostra ora as prateleiras, ora a janela. A bancada de mármore travertino tem espaço para duas torneiras.

04-01 11

No banheiro, a janela tem a largura do vão com veneziana de madeira. A banheira fica em base de concreto com pintura epóxi igual à da bancada, onde estão sobrepostas as duas cubas de louça.

04-01 12

O banheiro clean é assinado pelo arquiteto Arthur Casas. Não há nada suspenso ou gabinetes, apenas recuos para colocar os cestos. As torneiras saem do espelho e, na bancada dupla de mármore piguês, há um pequeno deque de madeira branca laqueada, com vãos, para o apoio de produtos molhados.

04-01 13

A superfície de limestone cinza espanhol recebeu as duas cubas brancas, de louça. Os armários espelhados na parte superior e os da parte inferior, embutidos sob a bancada, ajudam a organizar.

04-01 14

Na bancada com 3 m de largura, duas cubas de apoio e registros em formato de alavanca. Vaso com galhos de cerejeira e caixas de cerâmica enfeitam o banheiro. As pastilhas foram usadas em todo o ambiente.

04-01 15

Nada convencional é a ausência de espelho em frente às cubas redondas que ficam sobre as bancadas, protegidas da água pelo mesmo vidro temperado de 10 mm escolhido para as prateleiras central e laterais do banheiro.

 

Fonte: Casa e Jardim