Uma casa feita na medida certa

Os móveis evoluem com padrões e acabamentos diferenciados. Projetos de acordo com a área dos ambientes proporcionam melhor aproveitamento de espaço.

Prateleiras de vidro, iluminação com led, perfis de alumínio de diversos tons, portas de espelho, vidro ou laminados com inúmeros padrões de cores, que variam dos amadeirados com texturas às luxuosas lacas brilhantes. Com tantas opções no mercado de móveis planejados, os consumidores ganharam múltiplas possibilidades de combinações.

Produtos que tinham forte ligação com cozinhas e quartos, os planejados ganharam espaço e estão em toda a casa. “Antes as empresas tinham tecnologia só para cozinha. Hoje dá para fazer a casa inteira e com perfeição. Algumas marcas vendem inclusive os eletrodomésticos e estofados”, comenta o arquiteto Carlos Lupatini, do escritório Lupatini Lima Ramos Arquitetos Associados.

Nessa perspectiva, a professora do departamento de Desenho Industrial da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Jusméri Medeiros, reforça a mudança de conceito por que passou o mercado de móveis modulares nos últimos anos, abandonando os módulos de tamanhos específicos, para oferecer projetos que atendem a área exata de um ambiente. “Com módulos definidos era difícil aproveitar todo o espaço. A modulação atual varia, normalmente, de cinco em cinco centímetros na largura e tem mais variação de profundidade e altura. É quase como uma marcenaria industrial”, afirma.

Como vantagens dos móveis planejados, Lupatini lista ainda a segurança no prazo de entrega e a qualidade dos acessórios e ferragens. “São grandes indústrias que trabalham dentro de um planejamento, dificilmente atrasam e usam componentes de qualidade, pois têm um compromisso com a garantia do produto”, opina.

A arquiteta Carla Kiss enaltece as possibilidades quanto ao design, que é renovado com fre­quên­cia, buscando tendências de feiras internacionais e da moda. “As indústrias de planejados têm setores especializados em design, desenvolvendo novos e exclusivos padrões”, diz.

Para os arquitetos, o fato de o preço ser geralmente mais elevado na comparação com a marcenaria justifica-se no serviço prestado. “As lojas oferecem um projeto completo e a segurança de que haverá profissionais capacitados para montar o produto. O preço é dos móveis e dos serviços agregados”, completa Lupatini.

Link: Gazeta do Povo

4-12 Prateleiras de Vidro

4-12 Iluminados com LED

4-12 perfis de alumínio de diversos tons4-12 portas de espelho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s