Tudo em cima

 Subir pelas paredes pode ser a solução prática para organizar objetos e ganhar espaço em casa. Inspire-se em 12 estilos de prateleiras.

Fina sustentação

06-05 01

Os objetos parecem flutuar sobre as prateleiras da sala de TV projetada pelo arquiteto Gustavo Calazans. O segredo são as finíssimas chapas de aço de 4 mm de espessura, que suportam bastante peso.

O improviso deu certo

06-05 02

Usada nos fins de semana, essa cozinha precisava de um suporte para louças. Com mãos-francesas de ferro batido e tábua de madeira, de 1,80 x 0,30 m, encontradas na reforma, o designer de interioresGuilherme Saggese e o arquiteto Jorge Nascimentoidealizaram a prateleira. “Lixamos e instalamos a peça. Combinou tanto com o espaço que ficou para sempre”, conta Guilherme.

Efeito retrô

06-05 03

A cozinha deste apartamento foi desenhada para lembrar as antigas do tipo industrial. Por isso, a equipe do arquiteto Vitor Penha criou as prateleiras de aço inox escovado, de 1,66 x 0,30 m. “São higiênicas e deixam o visual claro”, diz Veronica Molina, coordenadora do projeto. Objetos, da Spicy e da Doural.

Geometrias antimonotonia

06-05 04

A brincadeira com formas geométricas nas prateleiras retas quebrou a sisudez neste quarto de menino. Desenhadas pela arquiteta Vanessa de Barros, as peças de MDF em formatos de círculo e retângulo são envoltas por folhas de madeira composta tingida de azul. Já as prateleiras receberam laca branca. As estruturas são sustentadas por mãos-francesas Tucano, daKeyato Ferragens.

Simplicidade é a solução

06-05 05

Singela, a ideia da arquiteta Letícia Arcangeli surgiu como alternativa de menor custo para acomodar roupas no quarto de bebê.

Modernas e leves

06-05 06

O banheiro compartilhado por dois irmãos tinha objetos pequenos a serem organizados. O projeto da arquitetaKika Camasmie partiu de um requadro na parede: ali foram embutidas prateleiras de MDF laqueadas, 2,30 x 0,20 m, com apoios nas laterais.

Organização colorida

06-05 07

O banheiro revestido de mármore piguês ganhou ar moderninho com as três prateleiras coloridas, desenhadas pela arquiteta Suzy Melo. Fonte: Casa e Jardim

Anúncios

COMO DECORAR UM QUARTO MASCULINO

Roupas jogadas. Bagunças. E muita confusão. Um quarto habitado por um homem solteiro nem sempre será o ambiente mais organizado do mundo. Porém, com algumas mudanças podem deixar o espaço bem harmonioso e cheio de funcionalidade.Pensando nisso, nós trazemos aqui umas ideias que para deixar o quarto masculino dentro das tendências de decoração e para que todos os espaços sejam aproveitando da melhor maneira possível, proporcionando a organização do ambiente.

02-05 01

 

Então, vamos começar pelas paredes. Para colorir o quarto, que tal investir em uma tonalidade neutra, como o cinza? Ele faz com que todas as outras cores que forem usadas na decoração ganhem mais destaque. E falando nelas, uma dica muito interessante é combinar o cinza com tons de amarelo e vermelho. O quarto fica moderno e não precisa de muito mais para ficar por dentro das tendências. Para completar o clima contemporâneo, você pode investir em pôsteres e quadros com molduras simples e minimalistas.

02-05 02

Quando o assunto é funcionalidade, você não pode abrir mão dos armários, nichos e prateleiras. Eles são responsáveis por dar forma às paredes, e também permitem que vários objetos sejam armazenados de forma organizada e charmosa. E outra coisa, não tenha receio de brincar com a iluminação. Invista em luminárias no teto ou ao lado da cama. A luz tem um grande poder sobre um ambiente, pode deixa-lo mais confortável e acolhedor. Experimente!

 

02-05 04
02-05 05
02-05 06
02-05 07
02-05 08
02-05 09
02-05 10
02-05 11
02-05 12

COMO DECORAR UM QUARTO MASCULINO

Roupas jogadas. Bagunças. E muita confusão. Um quarto habitado por um homem solteiro nem sempre será o ambiente mais organizado do mundo. Porém, com algumas mudanças podem deixar o espaço bem harmonioso e cheio de funcionalidade.Pensando nisso, nós trazemos aqui umas ideias que para deixar o quarto masculino dentro das tendências de decoração e para que todos os espaços sejam aproveitando da melhor maneira possível, proporcionando a organização do ambiente.29-04 01

Então, vamos começar pelas paredes. Para colorir o quarto, que tal investir em uma tonalidade neutra, como o cinza? Ele faz com que todas as outras cores que forem usadas na decoração ganhem mais destaque. E falando nelas, uma dica muito interessante é combinar o cinza com tons de amarelo e vermelho. O quarto fica moderno e não precisa de muito mais para ficar por dentro das tendências. Para completar o clima contemporâneo, você pode investir em pôsteres e quadros com molduras simples e minimalistas.

29-04 02

Quando o assunto é funcionalidade, você não pode abrir mão dos armários, nichos e prateleiras. Eles são responsáveis por dar forma às paredes, e também permitem que vários objetos sejam armazenados de forma organizada e charmosa. E outra coisa, não tenha receio de brincar com a iluminação. Invista em luminárias no teto ou ao lado da cama. A luz tem um grande poder sobre um ambiente, pode deixa-lo mais confortável e acolhedor. Experimente!

29-04 03

29-04 04

29-04 05

29-04 06

29-04 07

29-04 08

29-04 09

29-04 10

29-04 11

29-04 12

 

Fonte: Decoração

COMO ACOMODAR UM MENINO E UMA MENINA NO MESMO QUARTO

Se decorar o quarto das crianças já é difícil quando tem que atender as necessidades de só uma pessoa já é uma tarefa complicada, imagina quando há duas. Se você tem uma filha, um filho e apenas um quarto sabe como é difícil acertar na decoração desse cômodo. O desafio se torna ainda maior quando há uma grande diferença de idade entre as crianças. O grande problema é conseguir entrar em um acordo entre as cores e objetos a serem utilizados.

17-04 01

 

Hoje em dia, o mercado oferece uma infinita variedade de moveis com cores e estilos que agradam todos os gostos e faixas etárias. Quanto à disposição dos móveis, o ideal é optar pelos beliches ou as camas duplas, aqueles que possuem outra cama embaixo. Dessa forma, o espaço é economizado e a circulação não fica comprometida. O guarda-roupa pode ser divido, mas para isso ele precisa ser grande, para que nada fique amontoado e acabe se misturando.

17-04 02

Mas, a grande questão da decoração conjunta é a cor. A melhor maneira de resolver isso é partir para uma tonalidade neutra, para que o menino não fique desconfortável com o quarto rosa, e a menina não se incomode com um ambiente muito masculino. O ideal é sempre optar pelo branco. E as cores ficam por conta da decoração pessoal de cada criança. Para ela as roupas de cama na cor pink e para ele o azul. A tonalidade branca também permite uma brincadeira na parede com adesivos de decoração ou uma pintura personalizada. Nesse caso o que vale é a imaginação, e a opinião dos pequenos, é claro.

17-04 03

 

Fonte: Decoração

Cores para os pequenos

Quarto de criança precisa de diversão. E para trazer a sensação de alegria, nada melhor do que uma explosão de cores! Seja com os tradicionais rosa para as meninas e azul para os meninos, ou com ousados laranja, amarelo e roxo, o importante é apostar em tons fortes e vibrantes.

09-04 01

Rosa para as meninas

No quarto de Sofia, só há uma exceção à sua cor favorita: uma cadeira azul. Tirando esta peça, todo o resto é rosa – até o vestido da pequena. A colcha da cama tem estampa assinada por sua mãe, a designer Ana Morelli. No lugar da cabeceira, várias almofadas trazem conforto.

09-04 02

Azul para os meninos 

Um quarto de 12 m² bonito e, acima de tudo, um espaço para o filho Gabriel, 8 anos, deitar e rolar no apartamento. Foi a partir dessa premissa que a arquiteta carioca Leila Bittencourt, teve a ideia de fazer a parede interativa. Atrás do adesivo de sistema solar há uma placa metálica imantada, na qual estão presas as miniprateleiras e onde podem ser apoiados bonecos e carrinhos com ímã. Nas mãos de Gabriel, as peças mudam de lugar. Leve e prática, a cama tem rodízios, de maneira que o garoto possa afastá-la sozinho e aproveitar melhor o painel azul.

09-04 03

Mistura irresistível

Alice tem nove meses e já ganhou este quarto de brincar na casa dos avós. A arquiteta Adriana Yazbek fez o projeto com cores ousadas e atrações irresistíveis. “Eles queriam um quarto bem mágico”, diz a arquiteta. Ela criou o armário-lousa pintado por fora de roxo e, nas gavetas, de verde. Dentro é revestido de azul. Em outro canto, a cama de contar historinhas fica em uma caixa de madeira que acomoda colchão, almofadas e nicho para livros. A parte externa ganhou tinta rosa, a interna, verde, e o rodapé, violeta. Luminárias de folhas criadas por Adriana.

09-04 04

Meninos não entram 

O aviso “Proibido meninos” dá sinais de que no quarto de Bertha, 8 anos, só se atravessa a porta com o consentimento da dona. Quando a entrada é permitida, a diversão é certa. Há inúmeras bonecas e móveis supercoloridos – herança de família. Isso sem falar no lustre, produção assinada por ela e pelo pai, o designerMarcelo Rosenbaum. “Nós fizemos juntos, surgiu naturalmente”, conta ele. Na parede azul-clara, o espaço é disputado entre os quadrinhos com poemas sobre o significado de seu nome – sortuda, ágil, rigorosa –, os pratos coloridos estampados com a família Barbapapa, desenho animado dos anos 1970, e uma faixa de papel de parede, atrás do criado-mudo, apenas fixada pelas quatro pontas com diferentes tipos de fita adesiva.

09-04 05

Toques de vida

“A escolha das cores foi uma grande negociação com meu marido”, conta a modelo e empresária Marina Sanvicente sobre a decoração de seu apartamento. Num drible preciso, a arquiteta Bruna Riscali sugeriu tons fortes sim, mas para a marcenaria. Daí os móveis laranja no quarto de Ravi, 2 anos. Mesmo com as paredes brancas, o ambiente é alegre e vibrante. O tapete de bolas e o cesto de brinquedos completam a decoração colorida.

Fonte: Casa e Jardim

DECORANDO O ESPAÇO DE DESCANÇO

QUARTO DOS SONHOS

O cantinho mais querida da casa merece uma atenção especial na hora da decoração, não é mesmo? As opções são muitas, e acaba sendo um pouco difícil se decidir entre cores, móveis e acabamentos, pois são eles que iram acompanhar os seus sonhos e momentos de descanso por um tempo. O segredo está na paciência. Para evitar os erros e os arrependimentos na decoração é preciso cuidar, estudar, comparar e principalmente, testar.
03-04 01

É normal termos uma ideia ótima, mas que na prática não sai como o planejada, como por exemplo, a cor de uma parede ou a escolha de um móvel. Pensando nisso, nós separamos algumas dicas para a decoração do dormitório. Se você quer fazer bonito, fique de olho!

03-04 02

DECORAÇÃO PLANEJADA

Um quadro. Uma luminária. Um móvel moderno e original. Uma escultura. Uma cor diferente em uma das paredes. São muitos os elementos que podem ser inseridos no ambiente para criar uma decoração cheia de personalidade. A escolha de cada item que irá se fazer presente no quarto deve ser feita de acordo com os gostos pessoais dos moradores, só dessa forma o resultado será positivo.

Quer colocar cor nas paredes? A dica é simples: deixe as tonalidades escuras para parede que fica atrás de cama, especialmente se as cores forem cheias de energia, como o laranja, o vermelho ou o rosa. Para as demais paredes, o indicado é apostar nos tons claros e suaves, para deixar o ambiente bem tranquilo, mas com muito charme.

03-04 03

03-04 04

03-04 05

03-04 06

03-04 07

03-04 08

 

Fonte: Decoração

Closets

Apesar de não ser o cômodo mais visitado e cobiçado da casa, o closet quebra um galho na hora de organizar roupas e calçados. Veja, aqui, soluções bacanas para deixar o seu em dia.

15-03 01

A área de vestir tem armários com portas de vidro deslizantes. Sobre o tapete da espanhola Nanimarquina, a poltrona e a mesinha dão o suporte ideal.

15-03 02

O closet projetado pela designer de interiores Jóia Bérgamo é forrado de vidro. Assim, evita-se que as peças de roupa e os sapatos fiquem empoeirados.

15-03 03

Duas das quatro suítes da casa viraram uma só em nome do conforto e para criar o supercloset do casal – com direito até a espelho gigante.

15-03 04

Closet arrumado é assim, com peças separadas por tom. Este é do arquiteto Guilherme Torres.

15-03 05

Croquis vintage trazidos da Europa decoram o ambiente. Na porta ficam pendurados delicados colares e bonequinhas de artesanato.

15-03 06

Proposta minimalista e contemporânea, a casa de 70 m² é simples em sua construção, que tem características medievais. No meio do imóvel, um cômodo reúne closet e banheiro, revestido de pastilhas de vidro. É o único ambiente que pode ser completamente isolado por painéis de palha.

15-03 07

Até apartamentos pequenos podem ter um espaço especial para roupas. Aqui, o closet tem 1 m de largura e divide o espaço com o banheiro.

15-03 08

O bebê da casa também pode ter um closet. Esse ambiente, que já existia na casa, possui nichos (30 x 30 cm) laqueados de branco para abrigar sapatinhos. As gavetas de madeira marfim guardam as roupas.

15-03 09

Com piso de peroba lixada e tratada com sinteco, o antigo quarto foi transformado em closet. Ali ficam os armários com portas de espelho, os nichos que ocupam uma parede inteira e o gaveteiro central.

15-03 10

O arquiteto montou seu guarda-roupa com araras metálicas e gaveteiros do ex-apartamento. No lugar das portas, pôs cortina de voile preto.15-03 11

Os pares de tênis são guardados em suportes, pendurados no mesmo cabideiro das calças

 15-03 12

Simplicidade. Essa é a palavra perfeita para descrever o closet este closet.

15-03 13

Diante da parede de madeira de demolição do quarto do casal fica o escritório e o closet. Isso prova que ambientes com diversas finalidades podem ficar unidos.

15-03 14

O espaço do closet se separa do quarto apenas por uma cortina de sarja – solução econômica.

15-03 15

Um pequeno closet dá conta de acomodar as roupas e os sapatos. Ele está ligado ao banheiro, que só existe graças à diminuição da área de serviço.

15-03 16

A suíte do casal tem closet dividido por portas de correr.

15-03 17

No closet, os gaveteiros colocados junto da parede completaram a bancada aproveitada do antigo escritório. Os tacos de perobinha-rosa foram recuperados.

Fonte: Casa e Jardim